Bruxismo

          O bruxismo é entidade patológica caracterizada por ocorrência de contrações da musculatura mastigatória involuntária durante o sono. Pode variar de quadros leves e eventuais até casos de contração severa e frequentes com grandes repercussões para as estruturas do aparato mastigatório e para a qualidade do sono. Podem ser observadas contrações tônicas (apertamento sustentado da mandíbula) ou fásicas (contrações intermitentes). Em alguns casos a atividade mastigatória pode ser audível, com o ruído dos dentes sendo pressionados e o paciente pode acordar com dor na musculatura mastigatória pela manhã.

        O bruxismo ocorre por uma ativação anômala da musculatura mastigatória. A sua origem pode estar em problemas da oclusão dentária. Assimetrias nos contatos dentários podem provocar as contrações musculares e devem ser corrigidas. Distúrbios do sono que causem perturbações do sono também podem estar associados ao bruxismo, como ronco, obstrução respiratória noturna e apnéia do sono. Fatores como stress e ansiedade também podem estar relacionados ao bruxismo.

        Uma das consequências do bruxismo é o desgaste, por vezes severo, dos dentes. As contrações podem ser tão intensas, que ocorrendo de maneira repetida causam desgaste e destruição do duro material que constitui os dentes. Outra consequência é a ocorrência de dor crônica cérvico-facial, que pode ocorrem na mandíbula, articulação temporo-mandibular, ouvidos e pescoço.

         O tratamento do bruxismo pode envolver diversas estratégias. A primeira providência em geral é a confecção de placa de proteção dentária para ser utilizada durante a noite. Além de proteger os dentes do desgaste provocado pelas contrações, a simples interposição da placa entre os dentes e a mudança na oclusão pode ajudar a reduzir as contrações musculares.

     A polissonografia não é essencial para o diagnóstico do bruxismo, porém pode confirmar e caracterizar melhor os eventos ao documentar a intensidade e caráter das contrações. A importância deste exame na avaliação do paciente com bruxismo está principalmente em diagnosticar outros distúrbios do sono que podem estar associados e que são passíveis de tratamento.           

        No caso de distúrbios respiratórios estarem presentes, devem ser tratados adequadamente para contribuir com o tratamento. Quando estão presentes condições de stress e ansiedade, o tratamento psicoterápico é fundamental, assim como tratamento farmacológico, quando necessário.

FDr. Fernando Mirage Jardim Vieira

CRM 15277   RQE 7553  /  13162 

Rua Prof. Herminio Jaques 135   -  Florianópolis  SC

48 30296900 / 48 991114-2077  

fernando@institutosomed.com.br

  • Facebook Basic Square